Conexões que Salvam

by Think Olga

 
Nestes cinco anos de trajetória da Think Olga, uma das nossas principais lutas é pela garantia de um mundo seguro para as mulheres.
 
Seja dentro de casa, para evitar que a cada 24 segundos uma mulher se torne mais uma vítima de violência doméstica, em 80% dos casos sendo espancada pelo próprio parceiro. Ou que não seja um dos 8 casos de feminicídio registrados por dia no país. Em 33% dos casos, mortas por parceiros ou ex-parceiros. Seja nos espaços públicos, com cidades melhores para nós, para que não haja o medo de sermos vítimas de assédio. Para que não sejamos estupradas a cada 11 minutos no Brasil.
 
Na Internet temos reflexo de uma sociedade permissiva quanto à violência que mulheres sofrem todos os dias no “mundo real”. Mais que isso: sob a falsa percepção de anonimato, ela  amplificou as vozes de quem faz discursos de ódio contra nós. Em todo o mundo, 70% das mulheres que estão conectadas já foram expostas a algum tipo de violência online. Somos vítimas de perseguições nas redes, de humilhação, ofensa, publicação de mensagens e imagens íntimas, invasão da privacidade, preconceito e de assédio sexual que, não raramente, resultam em ameaças físicas.
 
E as consequências são tão ou mais devastadoras do que no mundo offline. Além da vergonha e da culpa, a violência virtual contra mulheres leva as vítimas a depressão, estresse, distúrbios de sono, pensamentos suicidas. Na vida pública, elas sofrem com o isolamento de familiares e amigos e com a privação da vida social. Muitas vezes, perdem o emprego e precisam mudar de rotina, de cidade, de vida.
 
É imprescindível quebrar esse ciclo de violência. Precisamos assegurar que as mulheres possam existir sem medo dentro do ambiente digital.
 
É por isso que  nós, da Think Olga, em parceria com o Facebook, lançaremos na próxima terça-feira (8/05), o #ConexõesQueSalvam, uma iniciativa para que as informações sobre segurança online possam chegar para as mais diversas pessoas: de quem sofre uma violência a quem quer apoiar uma Internet mais acolhedora e construtiva para as mulheres. Um lugar onde concentramos informações para qualquer pessoa que queira ser agente de transformação no ambiente digital, além de recursos para vítimas de violência online e aqueles que as acolhem.
 
O #ConexõesQueSalvam nasce com o objetivo de gerar conscientização sobre a questão da violência contra mulheres na Internet e ajudar a criar um ambiente online mais seguro e acolhedor para todas nós. E que mostra que isso só é possível se for construído com a colaboração de todos: usuários, ONG's, influenciadores, ativistas, iniciativa privada e poder público.
 
Conectando pessoas para criar uma Internet mais segura para as mulheres.