Primeiro Assédio

by Think Olga

A campanha #PrimeiroAssedio surgiu em apoio à menina de 12 anos que foi alvo de comentários de cunho sexual na internet durante sua participação em um reality show de culinária. Criamos a hashtag #primeiroassedio no Twitter e convidamos nossas leitoras a compartilhar suas histórias de primeiro assédio. Não é uma missão simples, indolor, fácil. Mas se apoderar da própria história é importante, de forma que a vítima assim se reconhece como vítima. A respostas nos ajudaram a constatar que a idade média do primeiro assédio é de 9,7 anos – e grande parte dos crimes, 65%, são cometidos por conhecidos. Ou seja, aqueles em que mais deveríamos confiar.

Mas também descobrimos que anos de silêncio têm a capacidade de tornar as vozes ensurdecedores quando redescobertas. Nunca duvide do poder das redes sociais para provocar reflexão e empoderamento. Até a meia-noite de domingo, a hashtag foi replicada mais de 82 mil vezes, entre tweets e retweets. Analisamos um grupo de 3.111 histórias compartilhadas no Twitter.

Clique aqui para saber mais sobre a campanha #PrimeiroAssedio.

Confira as matérias relacionadas a campanha Primeiro Assédio com a #primeiro assedio