As mulheres são os legados das Olimpíadas Rio 2016, aponta pesquisa

by Think Olga

Se você já está com saudades das Olimpíadas, saiba que não é a única! Uma pesquisa do site britânico Women’s SportNet mostra que as mulheres são as mais engajadas com os Jogos Olímpicos Rio 2016 e tendem até a se tornarem mais ativas por influência do evento do que os homens.

O estudo foi feito com base em buscas onlines realizadas sobre esportes e Olimpíadas na Grã- Bretanha e faz parte da campanha #TryYourKitOn, que quer justamente aproveitar a visibilidade que a Olimpíada trouxe para outras modalidade para incentivar pessoas a praticar esportes.

Antes mesmo que os jogos começassem, o servidor constatou que, do público que buscou informações sobre o evento online, 65% também tinha planos de iniciar a prática de umaatividade em 2016, 38% eram mulheres e 27% eram homens. Já durante a exibição dos jogos, foi observado que a atenção da grande mídia para modalidades e atletas que não estão em destaque durante anos “comuns”, também influenciou no aumento da participação dos espectadores.

O site realizou esta pesquisa ao notar o aumento de interesse de mulheres por notícias e participação nos esportes depois da Olimpíada de Londres, em 2012. Só a campanha “Why We Run” (ou Porque Corremos), da England Athletics, registrou um crescimento de 4,600 novas participantes até 2014.

Quando vemos outras mulheres competindo e nos representando, fazemos muito mais do que torcer, nós nos movimentamos também pois encontramos a inspiração que precisávamos. Isso sim é legado das Olimpíadas, não é mesmo?