Brasil na Paralimpíada é #PódioTodoDia

by Think Olga

Como previsto, o Brasil está arrasando no quadro de medalhas dos Jogos Paralímpicos Rio2016: é #PódioTodoDia mesmo! Até já conquistamos 44 medalhas: 10 de ouro, 21 de prata e 13 de bronze, nos colocando no 5° lugar na competição, depois de potências do esporte paralímpico, como China, Grã-Bretanha, Ucrânia e Estados Unidos. E 8 dessas medalhas são
de mulheres!
 
A primeira medalha feminina para o Brasil nesta Paralimpíada é também a primeira medalha do judô para o Brasil na história da competição! Por isso a conquista de Lúcia Teixeira vale muito mais do que prata para nós! Outra medalha inédita foi o ouro da bocha, na categoria mista, com Antônio Leme, Evelyn Vieira e Evani Calado. Assim, o trio entrou para a história desta
modalidade!
 
Temos também as estrelas do atletismo, a modalidade com mais expectativas de medalhas para o Brasil, e já temos medalhas de todas as cores (e sons!). No lançamento de dardos, o bicampeonato paralímpico de Shirlene Coelho ganhou a nossa primeira medalha de ouro feminina nessa edição dos Jogos. Verônica Hipólito, com o apelido de magrela por não ter o biotipo típico de paratletas do atletismo, conquistou a prata nos 100m e nossos dois bronzes são de Izabela Campos, que levou no arremesso de disco, e de Teresinha de Jesus, que subiu ao pódio em sua primeira participação em Paralimpíadas com o bronze nos 100m T47 (para atletas amputados).
 
Quem também estreou nos Jogos já com medalha foi Alana Maldonado do judô, que, aos 21 anos, foi muito aplaudida pelo público presente na Arena quando conquistou a prata. Outra conquista emocionante foi a de Joana Neves, que competiu até as últimas braçadas da prova mais rápida da classe S5, os 50m livre e conquistou prata na natação. Após o pódio, ela só conseguia pensar em comemorar ao lado da filha Janile Vitória, de 8 anos, com quem precisou cortar contato temporariamente para se concentrar na competição.
 
Além das disputas individuais que ainda estão para rolar até sábado, podemos esperar medalhas também de nossas equipes de voleibol sentado, goalball e basquetebol em cadeiras de rodas!
 
Continue ligada, pois todos os dias divulgamos os destaques na agenda paralímpica! Para assistir, consulte as programações dos canais TV Cultura, TV Brasil e SPORT TV.