Cabelos crespos

by Think Olga

(Ju, separei tudo o que tem de cabelo crespo que eu escrevi aqui pra não perder)   Quem sentiu isso na pele foi a estagiária de um colégio na zona sul de São Paulo. A estudante de pedagogia Ester Elisa da Silva Cesario, na época com 19 anos, ouviu da diretora que cabelos crespos não representavam a escola, que o padrão é cabelo liso e que ela teve que alisar para manter a "boa aparência". O fato aconteceu em 2011 e ela prestou queixa na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância, mas hoje afirma ter dificuldades de conseguir outra oportunidade. Por isso, muitas mulheres cedem à pressão de alisar, relaxar, escovar, passar chapinha, enfim, lançam mão de artifícios que mantenham seu penteado com a aparência alisada - por mais que o único benefício dessas técnicas seja estético, pois na prática elas só danificam os fios. Ainda assim, é uma saída para a conflituosa relação que se tem com cabelos crespos. Porém, não dá para condená-las por isso. Outra justificativa é que o cabelo liso também é mais prático, afinal o mercado brasileiro fornece poucas opções para cabelos crespos. 99% dos anúncios de produtos para cabelo apresentam modelos de cabelos lisos - e costumam afirmar que quanto mais liso, melhor. Mas uma marca de cosméticos e produtos para cabelos chamada Cadiveu, foi longe demais em uma ação de marketing realizada na Beauty Fair 2012, feira internacional sobre cabelos que aconteceu em São Paulo. Eles levaram perucas em estilo black power e fotografaram os visitantes usando ela enquanto seguravam uma placa que dizia: "Eu preciso de Cadiveu", depois publicaram as fotos na página do Facebook. Cadiveu publicou no Facebook fotos de ação de marketing feita durante feira em São Paulo (Foto: Reprodução)   Não é preciso dizer que a ação foi preconceituosa e revoltou os usuários da rede social. Ela sugere que quem tem o cabelo crespo necessariamente precisa alisá-lo, e ainda ridiculariza o visual black power. Em resposta, as blogueiras do Meninas Black Power criaram um Tumblr chamado Não Preciso de Cadiveu, pra onde as leitoras (e leitores!) enviaram fotos de seus cabelos naturais mostrando que eles não precisam de Cadiveu coisa nenhuma, precisam é de respeito. Outro fator que complica, porém, é o fato de que o cabelo crespo nunca está na moda. Às vezes é um corte de cabelo, noutras uma tonalidade, mas sempre aplicados em cabelos lisos. Na televisão, por exemplo, são raras as mulheres que não têm cabelo liso. Ou seja: para aquela que não nasceu de cabelo liso, é necessário fazer o possível para deixá-lo assim se ela quiser adotar um corte da moda que alguma atriz esteja usando ou fazer a maioria dos penteados de festa, por exemplo. Mesmo celebridades negras cujo cabelo é naturalmente crespo adotam um visual alisado. Beyoncé, a Oprah, Tyra Banks, Kerry Washington... No Brasil, felizmente, temos muitos bons exemplos de famosas que não fazem isso: Sheron Menezes, Chris Vianna, Elisa Lucinda e Juliana Alvez são algumas das nossas atrizes que arrasam usando seus cabelos como eles são, crespos, e inspiram muitas mulheres a fazer o mesmo.